This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.   +351 2100 100 80   Click to suporte

Como é que os CIO se podem tornar líderes na inovação das empresas?

Sage ERP X3 para CIO

O papel desempenhado pelo CIO sofreu algumas alterações drásticas. Já lá vão os dias em que o único objetivo de um departamento de Tecnologias de Informação (TI) era fornecer uma infraestrutura digital básica. Atualmente, espera-se que um departamento de TI seja líder ao nível da inovação. Porém, um estudo recente indica que, mais de metade dos CIO's participantes, sentiram que a mudança tecnológica é rápida demais, para eles acompanharem. No entanto, é mais simples do que pensa.

A alteração do papel desempenhado pelo CIO 

É difícil encontrar, no mundo empresarial de hoje, uma função que se tenha alterado tão rapidamente como a desempenhada pelo CIO. Até há poucos anos atrás, os responsáveis pelos departamentos de tecnologia de informação apenas se asseguravam de que a infraestutura necessária ao pleno funcionamento das empresas estava funcional e a operar sem problemas. Contudo, com a crescente importância da inovação baseada na tecnologia, o seu papel mudou drasticamente. Este papel não se tornou apenas mais diversificado e desafiante. O trabalho dos CIO é agora mais abrangente e implica que estejam sempre em cima do acontecimento numa área que sofre alterações constantes, caraterizada por mudanças e avanços rápidos. Acima de tudo, o CIO de repente com um elevado acréscimo de responsabilidades. A natureza do cargo de CIO mudou substancialmente ao ritmo dos desenvolvimentos bruscos e sucessivos que alteraram o próprio tecido do mundo empresarial, tornando responsabilidade do CIO incorporar estas novas metodologias e aplicações ao negócio. Esta mudança essencial no papel desempenhado pelo CIO reflete as profundas mudanças que os ambientes de negócios sofreram a vários níveis. ́As transformações visuais, sociais, virtuais e móveis que já estão em curso estão a criar uma nova era dourada de inovação baseada na tecnologia e o CIO tem que liderar a mudança ́ afirma Daniel Burrus, CEO da Burrus Research(1).

O mais importante aspeto nas decisões tomadas pelo CIO no que diz respeito ao pessoal está ligado às novas e inovadoras soluções que poderão trazer para a empresa. Em flagrante contraste com a anterior imagem do CIO, agora uma das suas funções consiste em deixar o Conselho de Administração perplexo com os seus planos extraordinários que visam facilitar o desempenho e crescimento da empresa. Mas nem todos os CIO estão à altura do desafio. Estudos recentes revelam que mais de metade dos CIO que participaram no relatório da Gartner, Taming the Digital Dragon: The 2014 CIO Agenda, consideram que as mudanças tecnológicas estão a ocorrer demasiado rápido para se conseguirem manter a par. No sentido de fornecer tecnologias de informação essenciais para uma organização ao mesmo tempo que a prepara para novas questões relacionadas com bases de dados de grandes dimensões, the Internet of Things, cloud computing and e uma força de trabalho com mais e melhores competências, terá que se adotar uma abordagem “bimodal” às tecnologias de informação. ́A maioria das organizações necessitará de uma abordagem a duas velocidades`, afirma, Dave Aron, Gartner. ́A primeira permanecerá como tecnologia de informação convencional com um fornecedor convencional e estará e aborgagem de risco o segundo modo será uma tecnologia de informação não linear onde haverá incerteza, necessidade de inovação, colaboração e novas aptidões.` (2)

O que se está a tornar claro é que os crescentes desafios na encruzilhada entre a tecnologia e a inovação empresarial tornam imprescindível que o CIO possua as ferramentas necessárias para a apresentação de ferramentas que permitam mudanças positivas às suas empresas. 

Investir em TI

As oportunidades que as soluções de TI oferecem a qualquer de decisão são virtualmente infinitas e quem tem o poder decisório sabe-o perfeitamente. De acordo com o estudo a Gartner, as principais prioridades das empresas alteraram-se nos últimos anos, de uma preocupação com a poupança de custos, que prevaleceu durante e pouco depois da crise financeira global, para uma preocupação com o crescimento e a rentabilidade. Para cerca de 41 % das empresas, o crescimento é agora uma das 3 principais prioridades e as soluções de TI desempenham um papel fundamental para tornar possível(3). Os números são esmagadores: Metade das empresas que colaboraram no estudo planeiam aumentar o seu investimento em TI e 52 % já possuem uma estratégia digital alinhada com os objetivos gerais da empresa(4). ́Tal requer que os CIO se preparem para a primeira onda de investimento significativo em mais de cinco anos`, conclui o estudo da Gartner.

A vontade em investir fortemente em novas soluções de TI é uma consequência direta do reconhecimento de que as novas tecnologias podem afetar de forma positiva qualquer departamento interno que necessite de melhorias. ́As questões de natureza social e móvel, assim como as questões relacionadas com a cloud e partilha de informação continuam a impulsionar as mudanças e a criar novas oportunidades, tornando premente a procura de uma infraestrutura avançada, executável à escala da internet`, afirma David Cearly da Gartner(5). Outra questão prende-se com o elevado foco na analítica empresarial. A palavra-chave mais importante neste âmbito continua a ser a (Base de Dados de grandes dimensões) que, reconhecidamente, detém um enorme potencial mas depende inteiramente das inovações em TI que não estavam disponíveis até há alguns anos a esta parte. Tendo isto em consideração, não surpreende que o investimento em TI seja uma prioridade na agenda de muitas empresas. Dito isto, é evidente que a relação custo-eficácia ainda se mantém como uma prioridade das empresas e, invariavelmente, os CEO sentem que os seus departamentos de TI poderiam atentar mais nos gastos. Mais de metade das empresas citadas no relatório da Gartner acredita que a melhor forma dos CIO impulsionarem a sua contribuição seria através de uma ́gestão da TI como se de uma empresa se tratasse` (6), dando prioridade à agilização dos processos e à relação custo-eficácia. 

Como pode um CIO superar o fosso existente entre a exigência por uma inovação que altere os paradigmas e a pressão exercida pela relação custo-eficácia? Uma forma de o conseguir é através da implementação de soluções de software Enterprise Resource Planning (ERP) que gerem os fluxos de trabalho e a informação de forma transversal num sistema centralizado.

Benefícios de uma solução ERP 

Como referido atrás uma estratégia de TI sólida é a força motriz por detrás das mais recentes alterações de paradigma nas empresas, seja gestão de informação através da cloud e trabalho remoto, seja o desempenho e gestão de recursos transversalmente. A maior parte dos CIO que enfrentam o desafio de liderar a inovação empresarial na atualidade contam com sistemas ERP para atingir os seus objetivos. Resumindo, uma solução ERP é uma aplicação empresarial que integra todas as funções operadas pelos departamentos individualmente numa única aplicação de software. A utilização de apenas uma plataforma facilita muito a execução de uma grande variedade de processos. Apesar de os sistemas ERP não gerarem inovações de forma automática, a realidade é que a forma como melhoram a estrutura da informação disponibilizada abre janelas de oportunidade. 

Visão geral dos mais importantes benefícios que um sistema ERP oferece: 

Uma perspetiva centralizada do seu negócio 

 A utilização de um sistema unificado reduz o desperdício de mão-de-obra na monitorização manual de informação importante em toda a empresa. A informação encontra-se num único local centralizado e não em inúmeros sistemas departamentais díspares. Tal permite a reunião de dados em tempo real e ajuda a reduzir os denominados ́silos de informação` que são um obstáculo à completa cooperação entre departamentos.

Agilização de Processos 

De forma semelhante, os sistemas de informação utilizados para avaliar e processar informação de todo o tipo são agilizados, evitando que os diversos departamentos ́falem línguas diferentes. Tal garante a finalização eficaz de processos estandardizados e a adoção de sinergias entre departamentos.

Transparência

Com todos os dados da empresa armazenados no mesmo sistema, a informação departamental privilegiada transforma-se numa coisa. Tal é particularmente útil para a gestão de topo do pessoal. Para esta gestão é necessária uma visão geral abrangente e inteligível. A completa visibilidade do software ERP assegura que mantêm sem qualquer dificuldade uma perspetiva abrangente.

ROI a curto e longo prazo

As soluções modernas de ERP podem melhorar imensamente o desempenho de uma empresa a partir do momento em que são implementadas. Logo após a instalação, a informação reestruturada e agilizada permite aceder a novas perspetivas de funcionamento de uma empresa internamente. O retorno do investimento é muito rápido graças à poupança de tempo e à clareza da perspetiva que põe a descoberto casos não detetados de desperdício de recursos. Ao mesmo tempo, o desempenho das soluções ERP melhora de forma contínua os dados mais relevantes a que tem acesso. Uma empresa que alimenta de forma sucessiva um sistema ERP com nova informação verificará que o potencial total do reforço de planeamento de recursos é praticamente ilimitado.

Ideal para empresas internacionalizadas

O planeamento de recursos é particularmente desafiante para empresas globais com escritórios em vários países. As culturas empresariais distintas e os enquadramentos legais prevalecentes em cada país podem conduzir a equívocos que afetam de forma negativa a empresa como um todo. Uma solução ERP global que permita às empresas o acesso integral à produção, inventário, compras, vendas, requisição de informações transversalmente e automatização de processos complexos entre vários locais, conduz a grandes melhorias nos processos da empresa e a um aumento da transparência. As possibilidades de previsão globais, agregação financeira e faturação internacional, assim como o apoio de modelos bancários internacionais são igualmente fundamentais para a gestão de uma empresa global. As soluções ERP são facilmente implementadas em qualquer estrutura base, permitindo assim a sincronização de dados da empresa em vários países e continentes. Não importa se nas sucursais se fala português ou polaco ou se as transações são efetuadas em euros ou em yens, os dados com que trabalhará serão iguais em todo o lado. ́Uma solução ERP permite-nos integrar a informação de forma transversal em vários países, por exemplo, entre a nossa sede em Portugal e a nossa produção na Polónia. Com uma solução ERP, os sistemas estão sempre todos atualizados e com toda a informação centralizada é-nos possível interagir mais prontamente com o cliente`, diz Tiago Pinho, Diretor de Tecnologia do ERTGRUPO(7).

Estratégias bimodais eficazes

A implementação de um sistema ERP permite a uma empresa gerir uma abordagem bimodal eficiente. Permite aos departamentos a focalização nos seus pontos fortes de conhecimento – seja uma região ou um segmento industrial – ao mesmo tempo que beneficiam do facto de pertencerem a uma organização de maiores dimensões. Os dados e informação qualitativa utilizada para o enquadramento de decisões é mais relevante para as operações diárias.

A melhor solução para tecnologias móveis

Os sistemas ERP modernos são especificamente concebidos para tirarem o máximo partido da ́revolução digital`. Ao reconhecer que cada vez mais empresas dependem das estruturas de comunicação versáteis que os dispositivos móveis tornaram possível, as soluções ERP podem ser acedidas a partir de praticamente qualquer dispositivo preparado para o efeito. Seja um smartphone, um tablet ou um smartbook, os colaboradores podem atualizar o sistema com as informações mais recentes onde e quando quiserem.

Fácil de sincronizar com soluções de terceiros

Uma outra vantagem dos sistemas ERP é que podem ser facilmente ligados a plataformas de software utilizadas por aplicações externas. A colaboração com parceiros de cadeias de abastecimento e portais de clientes pode ser muito facilitada através da ligação direta ao seu interface de software, alargando a visibilidade e o controlo de ambas as partes.

Software único para toda a empresa

Utilizando soluções ERP para toda a empresa, o mesmo software é utilizado de forma transversal em todos os departamentos. Tal significa que não haverá necessidade de atualizações dispendiosas e problemáticas em sistemas de software individuais. A compra e manutenção de sistemas de software são centralizadas, libertando recursos em cada departamento e evitando problemas de incompatibilidade.

Adequado para empresas de todas as dimensões

Tendo em consideração que uma solução ERP é um sistema de software baseado em módulos, é altamente flexível e pode ser ajustado às necessidades e requisitos de qualquer empresa, independentemente da sua dimensão. As empresas que dependem de processos e estruturas altamente complexos são os que mais beneficiam quando uma variedade de módulos é implementada, enquanto as empresas que utilizam um modelo mais simples podem usufruir dos principais benefícios dos sistemas ERP com uma solução menos pesada.

Segurança

A utilização de sistemas ERP aumenta substancialmente a segurança na globalidade da empresa, porque os mesmos protocolos podem ser aplicados a todo o sistema em apenas um passo. Não há mais necessidade de várias soluções de segurança concebidas para departamentos individuais. Adicionalmente, as falhas de segurança por parte do utilizador também diminuem, já que cada transação efetuada no sistema pode ser facilmente monitorizada, aumentando a responsabilidade e facilidade no controlo.

 

(1) http://www.huffingtonpost.com/daniel-burrus/todays-cio-the-chief-inno_b_3989501.html
(2) http://www.v3.co.uk/v3-uk/news/2322642/cios-must-prepare-for-two-tier-it-management-as-third-era-of-computing-dawns

Leave your comments

0
terms and condition.

Comments

  • No comments found